Foram produzidos no Brasil 455,3 mil veículos no primeiro bimestre deste ano, o que representa elevação de 5,3% frente aos 432,2 mil fabricados no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), na segunda-feira (11).

Segundo os dados da Anfavea, o volume de veículos produzidos em fevereiro deste ano foi o maior para o mês em cinco anos.

A produção de veículos leves cresceu 5% no acumulado de janeiro e fevereiro, com 434,4 mil unidades. Foram fabricados 382,2 mil automóveis, aumento de 6,7%. Por outro lado, a produção de comerciais registrou queda de 5,6%, com 52,2 mil unidades.

Vendas

Os dados do setor apontaram para crescimento de 17,8% no licenciamento de novos veículos: foram 398,4 mil unidades em 2019 e 338,2 mil unidades no ano passado.

As vendas de veículos leves foram de 381,4 mil unidades no primeiro bimestre, crescimento de 16,4% em comparação com o mesmo período de 2018. Foram emplacados 325,5 mil automóveis, aumento de 16,8%, e 55,9 mil comerciais leves acréscimo de 13,8%.

Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, os números mostraram que a indústria automotiva brasileira iniciou 2019 acelerando. “Tivemos um crescimento de 17,8% nas vendas nestes dois meses, o que dá otimismo para todos nós do setor e mostra que começamos o ano com boas perspectivas”, diz.

Megale lembra que fevereiro apresentou mais dias úteis do que o ano passado devido às comemorações do Carnaval, que em 2019 passou para março e isso “influenciou o resultado positivo do mês”.